top of page

Vinho da Mina do Lousal


Assim que o sol se esconde o bando irrompe do interior da gruta, para procurar alimento. Confiantes na capacidade de orientação, lançam-se em voo rasante sobre as nossas cabeças que escondemos instintivamente. As paredes rugosas e frias apertam a passagem estreita, ficando a vê-los desaparecer no céu. Agora, já podemos acender as lanternas. Por má fama, chamam-lhes vampiros mas são na verdade os morcegos da Mina do Lousal. Existem cerca de 1100 indivíduos, na Galeria Mineira, pertencentes a 3 espécies: Morcego-rato-grande (Myotis myotis), Morcego-ferradura-mourisco (Rhinolophis mehelyi) e Morcego-de-ferradura-pequeno (Rhinolophus hipposideros). Nenhuma destas espécies são hematófagas, ou seja, nenhum destes morcegos se alimenta de sangue (podemos ficar tranquilos).

É precisamente aqui no Lousal, no interior da Galeria Mineira Waldemar, onde habitam estas belas criaturas aladas, que a Herdade Canal Caveira tem alguns dos seus melhores vinhos a estagiar, todos certificados como Regionais Península de Setúbal, por um período mínimo de 12 meses.


O objetivo foi estudar a evolução dos nossos vinhos, em condições únicas e ideais para o seu envelhecimento, como encontramos nas profundezas do subsolo (12 metros), que se caracterizam pela ausência de vibração, pela total ausência de luz e por uma estabilidade da humidade (idealmente entre os 60 e 70%, de forma a evitar os fungos resultantes de locais com altas humidades e da secura da rolha de cortiça, típico das muito baixas humidades), com temperatura baixa e estável (com variações muito lentas entre os 12º e 16º C, conforme a estação do ano) .

Terminado o estágio de 12 meses, passámos à fase da sua Análise Organoléptica, tanto na prova individual, como na prova comparativa. Para melhor podermos aferir da evolução do vinho que estagiou na mina, o Vinho Tinto Serra Brava Cabernet Sauvignon de 2017, comparamo-lo com o vinho da mesma colheita, que estagiou em cave, na nossa adega no Canal Caveira em Grândola.

Os vinhos que estagiaram na mina, revelaram-se muito elegantes na prova, com aromas mais finos, descobrindo-se sabores mais complexos e uma maior capacidade de envelhecimento.


De forma a poder proporcionar aos nossos clientes, uma experiência idêntica à agora descrita, estamos a lançar um fabuloso conjunto de duas garrafas em caixa de madeira: uma com estágio na Mina do Lousal e outra com estágio na adega da Herdade Canal Caveira. De oferta, e para relembrar o trabalho mineiro, ensacámos numa típica bolsa de serapilheira, uma pequena pirite proveniente da mina,

Temos ainda a estagiar na Gruta Mineira Waldemar, mais dois vinhos: O Branco - Herdade Canal Caveira Chardonnay 2018 e o Tinto Serra Brava Alicante Bouchet / Syrah Colheita 2018 que chegarão ao mercado neste Natal.


Vamos estar atentos.


A HERDADE CANAL CAVEIRA faz parte do Circuito de Ciência Viva do Lousal, para saber mais clique AQUI

86 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page