Herdade Canal Caveira - Biodiversidade

O respeito pelo equilíbrio ambiental e o caminho para uma agricultura mais sustentável é uma prioridade na Herdade Canal Caveira que iniciou o período de conversão das suas vinhas para o modo de produção biológico.

Inseridos num ambiente rico em biodiversidade fomos visitados por um enxame de abelhas que resolveram fazer a vinha da casta Alvarinho a sua casa.

Confrontados com esta inédita e maravilhosa visita e sendo esta altura do ano onde os trabalhos nas vinhas são mais frequentes, com as podas em verde e trabalhos mecânicos no solo, solicitámos ajuda especializada para preservar a saúde e bem-estar das abelhas e dos nossos colaboradores.

Foi assim que com a ajuda do Sr. Virgolino Tomé e seu neto Diogo o enxame foi para um local seguro dentro de uma caixa própria para a partir de agora fazerem lá a sua casa e deixar que a abelha rainha reproduza os seus ovos.

Curiosidades

https://super.abril.com.br/mundo-estranho/como-se-forma-uma-colmeia/

Por Lilian Rambaldi

access_time4 jul 2018, 20h27 - Publicado em 24 maio 2013, 15h09

“Como se forma uma colmeia?

1. Uma colmeia tem entre 30 e 60 mil indivíduos. Quando o enxame está superpopuloso, cerca de 50% das abelhas partem para construir a nova casa. A rainha é levada porque os ovos que estão em seu abdome são essenciais para a nova comunidade. O enxame antigo gera uma nova rainha.

2. O novo grupo procura um lugar adequado para protegê-lo do clima e de predadores. Esse local pode ser um buraco dentro de uma árvore, uma lata vazia ou um cupinzeiro, entre muitos outros. Colmeias em lugares escuros ajudam a conservar a temperatura na época de inverno.

3. Encontrado o lugar ideal, a primeira coisa a fazer é iniciar a construção dos favos para que a rainha possa colocar seus ovos. Presos pela parte superior, os favos são construídos de cima para baixo com um espaço de 6 a 9 mm entre eles, para as abelhas se locomoverem.

4. Cada favo tem alvéolos dos dois lados. Quando a colmeia estiver pronta, terá uma ordenação-padrão: no alto, é guardado o mel, em seguida o pólen, depois as larvas e ovos e, por fim, os zangões. Os favos são construídos com a cera produzida pelas glândulas ceríferas das abelhas operárias.

5. As abelhas constroem os alvéolos sempre no formato hexagonal porque ele usa menos cera e aproveita ao máximo o espaço da colmeia. As paredes dos alvéolos são erguidas com uma elevação de 4 a 9° para que o mel não venha a escorrer e as larvas não caiam.

6. Assim que as primeiras paredes são erguidas, a rainha deposita seus ovos. A partir daí, a colmeia entra em funcionamento total: parte das abelhas começa a coletar néctar para produzir mel, enquanto outras cuidam das larvas, vedam orifícios e constroem o resto dos favos.

7. A temperatura da colmeia é sempre mantida entre 34 e 36 °C, índice necessário para controlar a textura da cera. Se passa disso, algumas operárias batem as asas para ventilar e outras trazem gotículas de água. A colmeia dura vários anos se não for atacada por predadores.”

Agradecemos ao Sr. Virgolino Tomé e seu neto Diogo a disponibilidade, sabedoria e boa disposição.


289 visualizações

ESPERAMOS O SEU CONTATO

+351 269 098 030

+351 912 377 697

Herdade Canal Caveira

IC1, Canal Caveira

7570-107 Grândola

Setúbal, Portugal

  • Facebook
  • YouTube

Herdade Canal Caveira, Lda

barra_cofin_FEDER.png